6 conselhos do presidente do HSBC Brasil para a carreira do jovem

01/11/2016

6 conselhos do presidente do HSBC Brasil para a carreira do jovem

Após a conclusão da venda bilionária do HSBC para o Bradesco, no começo de 2016, o grupo – um dos maiores do mundo – remontou sua operação no país. Tornou-se então o banco de investimentos HSBC Brasil, com foco em grandes clientes corporativos.

Quem assumiu a presidência da instituição foi Alexandre Guião, então chefe de global markets da companhia no país e responsável por operações com mais de 800 grupos econômicos e diversos produtos, de fusões & aquisições a financiamentos e derivativos.

Formado pela Fundação Getulio Vargas e com um MBA da Universidade Columbia, onde estudou como bolsista da Fundação Estudar, ele começou sua carreira no Chase Manhattan Bank e passou ainda pelos bancos ABN Amro Bank, Deutsche Bank e Citi, onde foi diretor do setor de indústria e agronegócio até ingressar no HSBC, em 2008.

Abaixo, Alexandre dá suas dicas para jovens analistas. Confira:

1. Aposte na experiência internacional
Alexandre morou na França por seis meses, no final do segundo ano de faculdade, e recomenda enfaticamente. Aprender culturas e línguas diferentes amplia sua visão de mundo e ajuda no futuro.

2. Mantenha o foco
Ao retornar da viagem, buscou seu primeiro estágio e foi alocado na área de crédito do Chase Manhattan Bank, hoje JP Morgan Chase. “Importante é não desistir quando não conseguir trabalhar em alguma instituição específica – algumas negativas sempre acontecessem”, fala. “Vale focar na sua área de interesse e fazer entrevistas em várias instituições, não somente naquela em que deseja trabalhar.”

3. Trabalhe fora
Enquanto esteve no Chase, Alexandre pode passar três meses na sede do banco, em Nova York. “Se tiver a chance, mesmo que seja somente por alguns meses dentro da instituição em que você trabalha, não hesite”, diz.

4. Um MBA é muito útil
Durante seu tempo na Universidade Columbia, além de rever e expandir conceitos que aprendeu na graduação, Alexandre pode conviver e trabalhar em grupo com pessoas de culturas e características diversas. “Apesar de caro, o MBA fora vale o investimento e deverá trazer benefícios importantes na sua vida e carreira”, resume.

5. Dê seu melhor – estão sempre de olho
Em qualquer área e tarefa, mesmo a mais simples, dedique-se completamente. “Isso fará a diferença na sua carreira, pois as pessoas mais sêniores sempre sabem quem são os júniores mais dedicados, com gana e visão para galgar a próxima etapa na carreira.”

6. Deixe portas abertas
“O ditado de que o ‘mundo é redondo’ é verdadeiro”, garante Alexandre. “Portanto, sempre deixe as portas abertas e trate as pessoas de maneira correta, pois é grande a probabilidade de reencontrá-las no futuro.”

[Este artigo foi originalmente publicado pelo Na Prática, portal da Fundação Estudar]



Ver todas as notícias