Acesso à internet cresce entre a terceira idade

31/01/2017

Acesso à internet cresce entre a terceira idade

O brasileiro está acessando mais a internet. Pessoas com idade acima de 50 anos tiveram maior crescimento na rede e a internet está conquistando cada vez mais gente. Principalmente, aqueles que não davam muito atenção para a tecnologia por terem vivido um bom tempo sem a presença dessa ferramenta na sociedade, como nossos pais ou avós. A terceira idade está mais plugada.

Segundo pesquisa do Instituto Locomotiva, os idosos brasileiros estão cada vez mais conectados: nada menos que 5,2 milhões de pessoas acima dos 60 anos têm acesso à internet no país – 21% da população que está na terceira idade.

No Brasil, o aumento significativo de idosos conectados à web vem chamando atenção. De acordo com dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em 2008, cerca de 5,7% de pessoas com mais de 60 anos acessavam a rede mundial de computadores, passando para 12,6% em 2013. No Sudeste, o percentual é ainda maior.

Em 2008, 7,7% de pessoas com mais de 60 anos acessaram a internet nos três meses de referência daquele ano. Em 2013, esse número mais que dobrou, passando para 17,1%. Tornando assim, uma alegria comum ler as mensagens virtuais do vovô e da vovó.

Para Marco Antônio Zerati Teixeira, especialista e professor na área de tecnologia da informação do Senac em Taubaté, um dos motivos que explicam o crescimento de idosos conectados à internet é a necessidade de acompanhamento da rotina dos filhos e netos.

“A terceira idade vem tendo seu primeiro contato com os sistemas de informação através da internet, e este contato envolve algumas particularidades, abordando seus interesses, forma de aprendizagem, medos e dificuldades. Com auxilio familiar, esse aprendizado se torna mais atraente e é incentivado geralmente pelos integrantes mais novos, resultando na presença do vovô e da vovó nas páginas virtuais”, contou. 

Segundo ele, quanto à navegação virtual desse público, ela varia muito do uso pessoal. Ele disse ainda que o uso redes sociais é o mais frequente. “Os idosos usam mais a internet para o uso pessoal, mas muitos deles ainda são profissionalmente ativos com crescente uso das redes e mídias sociais, streaming de música, sites e-commerce mais conhecidos e seguros, internet banking, e-learning, mensagens instantâneas e e-mail.”.

Outro motivo que explica o crescimento de pessoas da terceira idade conectadas à internet é a influência da geração atual, aliada com a tecnologia. Além do acesso aos dispositivos móveis com acesso à web.

[Fonte: meon.com.br]



Ver todas as notícias